Por Jean Costa, Jornalista e estudante de Publicidade e Propaganda.

O conceito de planejamento estratégico, vem se modificando bastante durante os últimos anos, com os avanços tecnológicos nos propiciando inúmeras vantagens e opções para que possamos nos adaptar aos novos conceitos dentro da Comunicação. Diante do marketing digital, as diferenças – antes não tão visíveis – começam a ser notadas e avaliadas para que o melhor plano possa ser aplicado.

Com este fato, vamos direto para dois pontos bem específicos das estratégias de marketing. Um é o mais tradicional, enquanto o outro está conquistando cada vez mais espaço nos planejamentos estratégicos. Você sabe quais são eles? Tratam-se de Inbound e Outbound Marketing.

A estratégia de Outbound marketing, o qual o processo pode ser chamado de “venda fria” ou “interruptiva”, é mais tradicional por aderir ao uso de propagandas físicas e digitais. Ou seja, é aquele produto que acaba sendo oferecido ao público sem que ele esteja procurando. Algo muito semelhante ao antigo telemarketing.

Contudo, a metodologia e a forma de prospecção evoluíram muito nos dias atuais, como mencionamos anteriormente. Na metodologia do Outbound, nós fazemos uso de uma prospecção ativa e automatizada nas mídias digitais, especialmente no LinkedIn. Já no Inbound, a metodologia funciona de uma forma diferente da aplicada por este conceito.

O Inbound tem como maior objetivo despertar o interesse do cliente com conteúdos relevantes, a fim de atraí-lo para o seu produto. Nesta estratégia de marketing, as métricas são mensuráveis, pois é possível segmentar o público-alvo, já que a comunicação ocorre de forma bilateral, após o interesse do possível cliente em seu produto.


Mas como assim, Usina?

A resposta é simples. A pessoa chega até você por ter procurado informações sobre o produto ou serviço que você está vendendo. Com isso, você pode utilizar o interesse dela a seu favor e, através de estratégias de marketing, conseguir com que ela te dê abertura para um contato posterior.

Junto a este fator, você também consegue identificar em que etapa da jornada de compras ela está e com isso, pode oferecer informações decisivas para sua tomada de decisão. Assim, fica mais assertiva a estratégia para conversão.

Gostou dessas dicas? Nos acompanhe no Instagram @usinadenoticias para conferir essa e outras ideias sobre Comunicação!

Deixe um comentário

dezoito − oito =