Comunicação. Não parece, mas muitos problemas nas empresas surgem do não saber comunicar, seja interna ou externamente. Desenvolver um sistema de comunicaçãoefetivo é um dos maiores desafios que as organizações enfrentam. Para isso, antes de mais nada, é fundamental entender que a sinergia da informação é resultado de características dos três campos da comunicação: Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas. A partir de uma comunicação estruturada, a famosa comunicação integrada, é possível alcançar uma estratégia adequada para a construção da reputação empresarial.

No mundo corporativo, espera-se das três áreas mais do que uma disputa pelo espaço de trabalho, mas uma parceria em prol da comunicação integrada. Não se pode mais dizer que uma marca necessita apenas de Publicidade ou de Assessoria de Imprensa ou, ainda, de ações de RP. A comunicação empresarial de hoje deve somar, sim, todas as especialidades para atingir seus propósitos e objetivos de negócio. É preciso pensar a comunicação como um conjunto de possibilidades, alternativas e caminhos em um mercado de constante transformação e concorrência.

Ao unir as diferentes competências em uma ação de comunicação, porém, deve-se levar em conta uma mensagem única, que atinja – mesmo que de modos distintos – os públicos de interesse. Ou seja, deve haver uma conexão entre as áreas, que permita a eficácia da comunicação e o alcance dos resultados esperados. Ainda, na era tecnológica, é fundamental considerar a existência de públicos múltiplos e, dessa forma, planejar canais de relacionamento para cada um especificamente, comprovando, assim, a importância da união entre os campos.

Engana-se quem pensa que uma campanha que une todas as áreas pode custar caro em relação a termos financeiros. Ao contrário, é na simplicidade da ideia e na junção das competências que se consegue potencializar a mensagem que se quer passar. É necessário analisar a amplitude da verdadeira Comunicação Empresarial. Essa é um campo inter e multidisciplinar que define as interações entre as organizações e seus públicos de interesse.

A partir disso, da prática da Comunicação Integrada, a empresa aumenta seu potencial competitivo, fortalece sua imagem e otimiza sua reputação. É preciso se pautar por um planejamento que articule ações, estratégias e produtos em uma mesma direção. Não se esqueça: a comunicação integrada se resume no processo de comunicação alinhado à gestão da empresa. Ela não se manifesta apenas em alguns momentos para se obter resultados esporádicos. Agregue, inclua, participe, complemente. Integre! 

Por Rafaela Johann e Adriana Kühn

Deixe um comentário

onze + treze =