Todo mês o Instagram lança ou aprimora uma ferramenta da plataforma. Os hardusers da rede sabem bem do que estamos falando. Quando aparece o story de novidades no feed, já sabemos que lá vem coisa nova pra gente explorar. Nós analisamos algumas ferramentas – tanto as mais recentes quanto aquelas antiguinhas que amamos – e vamos falar de como usar cada uma delas com marketing de conteúdo de seus clientes. Então, desce o fio – como dizem os twitteiros – ou se preferir, rola para baixo e se liga nas nossas dicas!

Novidades que facilitaram nossa vida

Função cenas na criação de stories

O investimento em posts momentâneos (stories que duram 24 horas) tem sido constante por parte do Instagram. Isso é totalmente compreensível visto que os usuários da plataforma têm cada vez usado mais os stories e menos os posts no feed, pela praticidade e momentaneidade que o espaço proporciona. Para facilitar a criação de stories mais criativos, o Instagram lançou, no último mês, a função cenas. Basicamente, é possível gravar um vídeo pausando as cenas até formar o total de 15 segundos. Além disso, a velocidade de cada clipe pode ser diminuída ou aumentada. A função também permite adicionar música ao story, proporcionando uma edição quase completa da sua pequena produção audiovisual.

O cenas pode ser muito explorado tanto na divulgação de uma campanha, quanto na cobertura de um evento. A criatividade do criador é que vai fazer toda a diferença.

Adicionar Músicas aos stories

A opção veio para ambientalizar seu vídeo ou sua foto. Para uma experiência completa na produção de conteúdo, nada melhor que combinar um bom áudio com a imagem. Pensando nisso, o Instagram, em parceira com o Spotify, lançou a função música. Antes de postar seu story, você pode escolher aquela moda preferida e ainda decidir qual parte da música você quer usar.

Para o comunicador que trabalha com clientes do nicho musical, a função foi uma mão na roda. Mas ela também se encaixa bem em campanhas de cunho animado e nas publicações do dia a dia, para ambientalizar o público na cena publicada.

Perfil criador de conteúdo

A mudança não foi palpável para a maioria dos usuários do Instagram. Mas foi um ótimo avanço para quem trabalha na criação de conteúdos para a plataforma, como influenciadores e celebridades. Esse tipo de perfil permite mais resultados de engajamento e crescimento de perfil. Além disso, é possível realizar promoções de maior alcance.

Filtros

Essa ferramenta sofre alterações a todo momento, isso porque sempre tem um filtro novo sendo criado. Quando o Instagram lançou a possibilidade de aplicar filtros em fotos nos stories, a plataforma precisava lançar sempre novas opções, que geralmente vinham em atualizações do aplicativo. Agora, os próprios usuários podem criar filtros e compartilhá-los. Ao receber uma foto ou vídeo com um filtro, qualquer pessoa pode salvá-lo em sua lista, facilitando a disseminação da ferramenta e o aumento das possibilidades de criação.

Ao lançar um produto ou campanha, você pode criar filtros para seu cliente. Isso leva o nome da marca e ainda possibilita a disseminação do @ do cliente.

Os tradicionais que amamos

O Instagram oferece diversas atualizações desde sua criação, prova disso é ver como a plataforma mudou desde então. No entanto, desde a entrada dos stories, o aplicativo pode explorar muito mais as novidades e lançar tendências. Alguns desses lançamentos já são antigos, mas são constantemente aprimorados e adorados pelos usuários da rede.

Um deles é o boomerang, a opção de produzir um vídeo de 3 segundos repetitivos. Ele é uma ótima opção para criar movimentos rápidos.

Os stickers também são os queridinhos do Instragram. Eles servem para aprimorar seu story com contagem regressiva, caixa de perguntas, enquetes, gifs e emoticons.

Seja como for, o importante é sempre explorar ao máximo as ferramentas que os aplicativos nos proporcionam, principalmente quando elas viralizam (como o filtro do vira-lata caramelo). No entanto, às vezes, uma ação que vira tendência não está de acordo com o perfil de seu cliente e o do seu público-alvo, nesse caso, aderir à moda pode ser um tiro no pé.

Observe sempre o estilo do seu cliente, seu objetivo com as redes sociais e o tipo de publicação que você deseja fazer antes de selecionar as ferramentas que irá utilizar. Fica aí a dica das Usineiras!

Deixe um comentário

quatro × 1 =