Por Maria Fernanda Moog

Montar um mailing parece uma tarefa fácil, né? E é bem simples mesmo! Basta selecionar os veículos da cidade ou região, ver os números de telefones, nomes e e-mails e colocar todas essas informações em uma plataforma de edição na nuvem.

Para tudo! Mailing é muito mais do que isso. Mailing é relacionamento! E relacionamento se dá a partir de contato, de conhecer os veículos e os jornalistas, as pessoas com quem estamos lidando, nos comunicando.

É entender o que cada programa de televisão, editoria de jornal e programa de rádio procuram. Saber de cor, ou anotado, que diferentes portais preferem diferentes tipos fotos, uns não gostam de imagens publicitárias, enquanto outros não se importam, desde que ela ilustre mensagem do texto. Entender que cada jornalista, assim como cada pessoa, tem suas particularidades e preferências. Uns preferem ser em contatados via e-mail, outros por WhatsApp, outros exigem a ligação telefônica. Uns só aceitam conteúdos exclusivos, outros não fazem tanta questão…

Parece uma tarefa muito complexa, né? Realmente, conhecer pessoas é algo que demanda tempo e vontade, podemos dizer que para ter um bom mailing precisa, acima de tudo, ter muita paciência.

Assim como a vida muda, e muito, todos os dias, pessoas assumem novos cargos, pedem demissão, trocam de editoria ou até mesmo mudam de profissão. Por isso, o mailing é um canal que deve sempre ser atualizado. Essa parceria entre você e os jornalistas facilita a troca de figurinhas no dia a dia corrido da maioria das empresas.

Agora, para ficar mais fácil de entender como ter um mailing que facilite a publicação da sua empresa de forma espontânea, sem vínculo comercial, aqui vai um passo a passo, com direito a uma dica cinco estrelas:

1 – Selecionar todos os portais, jornais impressos e online, rádios e emissoras de televisão que tenham na região desejada;

2 – Procurar os e-mails, telefones, nomes e com o que especificamente aquele jornalista trabalha naquele veículo, seja a editoria ou o programa de tv e de rádio.

3 – Montar toda essa lista, de forma organizada em ordem alfabética por região ou cidade. No caso de região, colocar as cidades dos veículos que estão sendo dispostos na lista;

4 – Deixar este material em uma plataforma online, de fácil acesso. *Pode ser um arquivo em Excel, no Google Drive, que é editável online e qualquer um pode acessar remotamente;

5 ⭐ – Nos primeiros contatos com os veículos (como já deve ser de rotina, mas é sempre bom reforçar): Seja respeitoso e mostre-se uma pessoa acessível. Coloque-se à disposição para os assuntos que tenhas domínio e possa ser uma boa fonte de conteúdo;

*Essa parte é muito delicada, pra não dizer essencial na tarefa de construir relações. Caso não tenha domínio e segurança sobre o assunto que o jornalista está solicitando, indique colegas que sejam boas fontes. Isso facilita o trabalho do jornalista e também fortalece essa relação de parceria entre vocês!

Nunca esqueça: Ter bons contatos na mídia faz de você uma boa fonte e, automaticamente, sua empresa estará brilhando junto com você!

Deixe um comentário

vinte − treze =