Por: Carla Mello, Estudante de Jornalismo.

Não é segredo para ninguém que a comunicação mudou muito nos últimos anos. Mas é só de vídeos de dancinha que vive o comunicador do futuro?

Segundo uma pesquisa da Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, o perfil que se espera dos novos comunicadores, principalmente os jornalistas e publicitários, vai além do que a grade curricular do ensino superior pode oferecer. São habilidades relacionadas à formação em liderança, visão estratégica, inovação e gestão de opiniões e conflitos.

Além disso, a capacidade de aprender e reaprender também precisa ser constantemente desenvolvida entre os profissionais da comunicação. Com os algoritmos e plataformas atualizando o tempo inteiro, estar sempre preparado é o primeiro passo para não sofrer tanto com essas mudanças repentinas. Graças a tanta inconstância no dia a dia, o comunicador precisa ter um perfil dinâmico e adaptável, sabendo que a profissão não oferecerá uma rotina monótoma.

Mas na prática, o que o mercado exige dos recém chegados no mundo concorrido da comunicação?

Vá além da informação 

Já falamos aqui que informar não é comunicar, e isso é algo que todo estudante de comunicação precisa ter em mente. Para produzir um conteúdo de qualidade, não basta apenas jogar um texto na cara do leitor ou seguidor, o pensamento estratégico tem que vir antes. 

Planeje o conteúdo, pesquise sobre o mercado e entenda aquilo que o seu cliente precisa. Apenas escrever bem não é suficiente, é preciso entender qual o objetivo do conteúdo que você está produzindo!

Expanda os seus conhecimentos 

Todo bom comunicador sabe um pouquinho de tudo. É uma boa ideia investir em uma formação cultural cada vez mais ampla e diversificada, expandindo as suas referências e facilitando a sua vida na hora de ter ideias. 

Tenha um pensamento análitico  

Não basta apenas entender de tudo, é preciso saber analisar e refletir criticamente. Na hora de resolver alguma situação que parece sem saída, saber analisar o contexto antes de tomar uma decisão é essencial no exercício da comunicação. 

O profissional deve conhecer muito bem a empresa em que trabalha ou o cliente que atende para ser capaz de opinar, fazer críticas e propor soluções inovadoras. 

Saiba trabalhar em equipe 

Em uma agência de comunicação, ninguém trabalha sozinho. Produtores de conteúdo, designers e coordenadores devem estar em sincronia para entregar bons resultados. Saber lidar com os mais diferentes tipos de pessoas é uma habilidade necessária para qualquer comunicador. 

Em resumo, para ser um bom profissional da comunicação, não basta querer, é preciso ir atrás de especializações e se manter atualizado e criativo em um cenário de constantes mudanças e desafios impostos. Diante de tudo isso, fica claro que a maior habilidade de um comunicador é saber fazer café, já que só assim para conseguir lidar com tantas demandas e informações ao mesmo tempo (KKKKKK).

Quer ficar por dentro do que acontece na área da Comunicação? Nos acompanhe no Instagram @usinadenoticias e não perca nada! Até a próxima. 😊 

Deixe um comentário

treze + seis =