Por Léo Varnier, Estudante de Jornalismo.

Finalmente chegou um dos meses mais esperados do ano: o mês da Black Friday! Muito importante para o varejo e para aqueles que estão sempre em busca de grandes ofertas, novembro de 2022 traz ainda mais intensidade para a data: além do comércio estar se reerguendo após a pandemia, é ano de Copa do Mundo!

Com a volta das atividades presenciais, a predisposição dos consumidores para as compras aumentou durante a data. Com o isolamento obrigatório, diversas empresas cresceram no online e consequentemente as vendas aumentam neste período de Black Friday. Por isso, é importante ter um ótimo planejamento, além de apostar em inovação

Não sabe como fazer? Continue lendo este texto que iremos te ajudar! 

  1. Planeje-se!  

Todos sabem que o mês de Black Friday é uma loucura. Com o desconto aplicado em diversos produtos, o lucro virá da venda em grande quantidade, não é mesmo? Por isso, fique atento no planejamento: queima de estoque? Vender produtos novos? Para isso, cabe uma análise com vários meses de antecedência, evitando o prejuízo no caixa.

  1. Demanda à vista!  

Roupas e acessórios, além de eletrônicos no geral, correspondem aos produtos mais desejados quando o assunto é descontos. Com uma alta demanda, a preparação precisa ser ainda maior. Evite promoções que não serão benéficas para o consumidor, não engane-o. Vale destacar que, na época de Black Friday, as maiores reclamações são por atraso em entregas e o famoso “click bait” (propaganda enganosa). Fique atento para não cometer estes erros!

  1. O público! 

“Respeitável público, um show tão maluco […]” Mas antes, que público? Quando falamos em vendas e Marketing, é imprescindível entendermos quem é o nosso público – a famosa persona. Conheça melhor os seus consumidores, entenda seus problemas e entregue soluções consultando o Blog da Usina aqui.

  1. Os dados são amigos, não inimigos!

Faça uma análise detalhada dos dados da sua empresa a partir de seus próprios clientes. Para isso, saiba quais foram os descontos que mais deram resultados anteriormente, além dos produtos mais buscados. Assim como é importante o planejamento de vendas, o próprio cliente analisa bem a sua compra a partir da busca de preços em diversos outros lugares. Esteja preparado com o melhor desconto para ele! Frete grátis, cupons, prazo menor de entrega, diversas opções de pagamento e atendimento ágil são bons caminhos.

  1. Comunique-se!  

Ofertas via e-mail? É… Não só isso! Em grandes eventos, é muito importante obter destaque. Amplie seus canais de comunicação e invista nas redes sociais. Faça publicações sobre seus produtos, promoções e afins. Deixe claro quais ações você e sua empresa farão na Black Friday. 

E aí? Gostou das dicas? Agora que você já sabe como fazer diferente nessa Black Friday, aplique o que aprendeu em seu negócio e veja o lucro subir!

Deixe um comentário

dezoito + 2 =